SP: secretário de Agricultura destaca retomada vigorosa da produção de grãos no Estado

SP: secretário de Agricultura destaca retomada vigorosa da produção de grãos no Estado

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Rate this article:
No rating

Avaré/SP

O secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, destacou, durante a abertura do III Seminário de Pós-Colheita de Grãos de São Paulo, realizado em Avaré nesta quarta-feira (29), que o setor paulista de grãos tem vivido uma saudável, vigorosa e consistente retomada de produção no último ano, atribuindo o crescimento a fatores, como a mecanização da cana-de-açúcar e investimentos na logística.

“A taxa média de crescimento de diversas culturas de grãos tem variado de 10% a 11%, ao ano. A rotação da cana, com o fim do processo de queima, ensejou novos desafios no combate de pragas, mas a reconversão de áreas onde não se pode mais fazer esse plantio criou uma disponibilidade importante para o aumento da produção graneleira”, afirmou.

Além disso, o titular da Pasta destacou investimentos recentes do Governo do Estado de São Paulo na região sudoeste que ampliaram as condições logísticas, o que deverá se intensificar com a complementação das melhorias em toda a Rodovia Raposo Tavares.

Arnaldo Jardim disse ainda que cerca de 37% do total embarcado no Porto de Santos recentemente foi realizado pelo modal ferroviário, o que poderá ser incrementado com as intervenções que estão sendo realizadas no Ferroanel, na área metropolitana de São Paulo.

O Governo paulista estuda, por reivindicação dos produtores, a reativação de ramais de apoio na região oeste, em especial na Alta Paulista, o que será “um fluxo importante para o escoamento da exportação”, explicou. Arnaldo Jardim.

Outra iniciativa que pode melhorar as condições de transporte da produção de grãos será o derrocamento do pedregal em São Simão, em Goiás, da Hidrovia Tietê Paraná. “Após a suspensão das atividades na Hidrovia devido à crise hídrica, o governador Geraldo Alckmin investiu para que com o rebaixamento do nível, seja possível manter a navegabilidade para o transporte dos produtos”, explicou.

Arnaldo Jardim citou ainda a importância da certificação do estabelecimentos e da qualidade do produto para garantir melhores condições da armazenagem.

“Na Secretaria temos tomado diversas medidas e uma delas é o Programa Aplique Bem, do Instituto Agronômico (IAC). Não aceitamos a imagem de que no Brasil há uso sem critério dos agrodefensivos, queremos disciplinar a utilização eficaz e fomentar os biodefensivos para melhorar qualidade da produção de grãos”, finalizou o titular da Pasta.

Simpósio
O “III Simpósio de Pós-Colheita de Grãos do Estado de São Paulo”  será realizado até amanhã (1) pela Associação Brasileira de Pós-Colheita (Abrapos), com o apoio de vários parceiros, como o Instituto Biológico.

A realização do seminário parte da missão da Abrapos de utilizar os meios aos seus alcances para reduzir a perda de grãos tanto ao produtor como consumidor, conforme afirmou o presidente da associação, Marcelo Alvares de Oliveira. “Temos a responsabilidade de garantir a segurança alimentar dos nossos grãos, para dar um upgrade no sistema de armazenamento paulista”, disse.

Além de uma feira de exposições sobre as principais tecnologias voltadas ao setor, o seminário traz palestras sobre as conjunturas da produção de soja, milho e trigo, a legislação do setor, classificação da soja e milho, armazenamento, padrão de qualidade e controle fitossanitário.

As recentes técnicas de produção como o plantio direto e a irrigação, bem como produção de amendoim e soja nas áreas de cana tem aberto grandes possibilidades de crescimento, como observou o presidente da Cooperativa Agro Industrial Holambra, uma das apoiadoras do evento, Simon Veldt. “Temos condições de crescer, por isso é preciso investir em armazenagem”, disse.

O presidente da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), Johnni Hunter Nogueira, destacou a presença da equipe do Ceagesp para auxiliar os produtores a tirarem dúvidas sobre a armazenagem.


Fonte: Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (SAA/SP) 

Number of views (25)/Comments (0)

Tags:

Please login or register to post comments.

Suínos

Bovínos

Frango/Ovo

Leite e Derivados

Carne e Derivados

Madeira Cavaco

Mercado Financeiro

Box Agrocotações

Cotação (máx)
R$ 60,57
Soja/SP
R$ 61,50
Soja/RS
R$ 63,70
Soja/MT
R$ 64,00
Soja/SC
R$ 64,90
Soja/PR
R$ 66,50
Soja/BA
R$ 18,18
Milho/MT
R$ 28,00
Milho/BA
R$ 28,33
Milho/PR
R$ 30,30
Milho/SP
R$ 30,38
Milho/SC
R$ 32,33
Milho/RS
R$ 62,35
Cana@/SP *
R$ 56,50
Tora/SC *
R$ 155,00
Tora/PR *