RS: produtores devem estar atentos à pragas do início do ciclo da soja, destaca Cotriel

RS: produtores devem estar atentos à pragas do início do ciclo da soja, destaca Cotriel

domingo, 26 de novembro de 2017

Rate this article:
No rating

Produtores devem estar atentos à pragas do início do ciclo da soja


Espumoso/RS

Com o plantio da soja em 75% de toda a área da Cotriel que chega a 170 mil hectares de soja,  a lavoura da oleaginosa  começa a tomar forma na região. A germinação, apesar de o mês de novembro ter registrado chuvas um pouco acima da média, está ocorrendo de forma normal na área da Cooperativa, segundo enfatiza o engenheiro agrônomo da Sede, Luciano Nicolini.  As últimas regiões que devem terminar o plantio são as de Tunas,  Serra dos Engenhos e Depósito, que foram também as últimas a finalizarem a colheita do trigo.

Segundo Luciano,  se o controle das invasoras com herbicidas, como buva, corda-de-viola, poaia, capim rabo-de-burro foram bem feitas nas lavouras já implantadas, é meio caminho andado para uma boa germinação, uma vez que se o controle for feito mais tarde  pode se tornar caro e ineficiente.

No que diz respeito às pragas de início de ciclo, Nicolini observa que é preciso estar atento para percevejos, raspador, e lagartas como spodoptera  e helicoverpa armigera, que após três anos do primeiro surto na região começa a aparecer novamente nas lavouras. Ele enfatiza que um bom tratamento de sementes e o monitoramento constante das áreas plantadas é importante neste estágio, pois estas pragas podem a vir a diminuir o stand de plantas: "Já temos casos de aplicação de inseticida, pois estas pragas e lagartas estragam todo o tipo de soja", observa. A preocupação no meio também deve se estender às invasoras que surgem no solo competindo com as plantações de soja.


Fonte: Cotriel 

Number of views (40)/Comments (0)

Tags:

Please login or register to post comments.

Suínos

Bovínos

Frango/Ovo

Leite e Derivados

Carne e Derivados

Madeira Cavaco

Mercado Financeiro

Box Agrocotações

Cotação (máx)
R$ 57,50
Soja/RS
R$ 61,00
Soja/MT
R$ 62,50
Soja/PR
R$ 64,00
Soja/BA
R$ 65,00
Soja/SC
R$ 68,88
Soja/SP
R$ 18,08
Milho/MT
R$ 27,00
Milho/BA
R$ 28,42
Milho/PR
R$ 29,81
Milho/SP
R$ 29,88
Milho/SC
R$ 31,00
Milho/RS
R$ 62,45
Cana@/SP *
R$ 56,50
Tora/SC *
R$ 155,00
Tora/PR *