MG: cigarrinha do milho é alvo da pesquisa no combate a doenças, destada Embrapa Milho e Sorgo

MG: cigarrinha do milho é alvo da pesquisa no combate a doenças, destada Embrapa Milho e Sorgo

terça-feira, 4 de abril de 2017

Rate this article:
No rating
 Sete Lagoas/MG
“Um inseto diminuto, com cerca de meio centímetro, de coloração branca”. É assim que a pesquisadora da Embrapa Milho e Sorgo Elizabeth Sabato descreveu a cigarrinha do milho, inseto que se alimenta e se reproduz apenas no milho e que tem causado sérios prejuízos aos produtores, pois transmite doenças capazes de destruir as lavouras.
 
Em entrevista ao programa Conexão Ciência, a pesquisadora ressaltou a importância dessas doenças, chamadas de enfezamentos, alertando para as medidas de controle e prevenção que devem ser adotadas. “É preciso que o produtor saiba reconhecer a doença, estar atento para escapar dela e não permitir que ela passe para uma nova lavoura”, explicou. Para isso, segundo Sabato, é importante sincronizar a semeadura e diversificar as cultivares para diminuir a incidência da doença e evitar grandes prejuízos.
 
A pesquisadora falou ainda sobre o uso de inseticidas para eliminar as cigarrinhas. “Tratar as sementes com inseticidas pode não resolver totalmente o problema se o produtor está próximo a uma lavoura doente, porque há a entrada constante de cigarrinhas infectantes”. Mas ela ressaltou que se não for essa a situação, e se todos os produtores tratarem as sementes com inseticidas, isso pode contribuir para reduzir a população do inseto-vetor.
 
Em relação aos sintomas apresentados pelas plantas infectadas (foto acima), Sabato explicou que, apesar de elas serem infectadas nos estágios iniciais, é na fase produtiva que os sintomas se manifestam, após o florescimento. “As plantas doentes, normalmente, apresentam algum grau de avermelhamento nas folhas, clorose acentuada, a folha seca e a planta morre. Normalmente a altura da planta é reduzida, ela pode ficar improdutiva ou produzir espigas pequenas”, relatou.
 
Sabato acredita que com conhecimento e adotando as devidas medidas de prevenção é possível escapar das doenças transmitidas pela cigarrinha do milho. “Não vamos deixar de plantar milho por causa dessas doenças. Nós vamos conviver com elas”, concluiu.
 
Fonte: Embrapa Milho e Sorgo 

Number of views (226)/Comments (0)

Tags:

Please login or register to post comments.

Suínos

Bovínos

Frango/Ovo

Leite e Derivados

Carne e Derivados

Madeira Cavaco

Mercado Financeiro

Box Agrocotações

Cotação (máx)
R$ 57,50
Soja/RS
R$ 61,00
Soja/MT
R$ 62,50
Soja/PR
R$ 64,00
Soja/BA
R$ 65,00
Soja/SC
R$ 68,88
Soja/SP
R$ 18,08
Milho/MT
R$ 27,00
Milho/BA
R$ 28,42
Milho/PR
R$ 29,81
Milho/SP
R$ 29,88
Milho/SC
R$ 31,00
Milho/RS
R$ 62,45
Cana@/SP *
R$ 56,50
Tora/SC *
R$ 155,00
Tora/PR *