Bayer e Ginkgo Bioworks fazem parceria pela agricultura sustentável, formando uma nova empresa com investimento de US$ 100 milhões

Bayer e Ginkgo Bioworks fazem parceria pela agricultura sustentável, formando uma nova empresa com investimento de US$ 100 milhões

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Rate this article:
No rating

Leverkusen/Boston – A Bayer e a Ginkgo Bioworks criarão uma nova empresa com foco no microbioma das plantas. Melhorar a capacidade dos microrganismos para fixar o nitrogênio disponível para plantas oferece um grande benefício potencial para a agricultura sustentável. O acordo terá investimento de US$ 100 milhões. A nova empresa dividirá sua sede com a Ginkgo na comunidade de biotecnologia de Boston e em West Sacramento, no estado da Califórnia, sede das atividades de P&D da Bayer para produtos biológicos para plantas.

A nova empresa concentrará seus esforços em tecnologias para melhorar os microrganismos associados a plantas com foco principal na fixação de nitrogênio. Embora culturas como a soja, ervilhas e outras leguminosas possam ser combinadas com microrganismos específicos que vivem dentro da planta e satisfazem suas necessidades de nitrogênio, a maior parte das outras culturas não tem essa capacidade. O fertilizante nitrogenado é, portanto, um componente essencial na agricultura moderna. Entretanto, ele pode adicionar custos aos produtores quando utilizados de forma ineficaz. Além disso, o uso de fertilizantes nitrogenados é uma grande preocupação ambiental, gerando emissões de gases de efeito estufa e poluição da água. Os microrganismos endofíticos a serem desenvolvidos pela empresa visam fornecer uma plataforma para uma oferta flexível de novas vantagens agronômicas. Espera-se que este tenha um benefício positivo profundo para os produtores, a agricultura e a sociedade como um todo.

A nova empresa de biotecnologia é o quinto investimento da Bayer LifeScience Center (BLSC), que atua como uma unidade de inovação estratégica dentro da Bayer e reporta diretamente ao Conselho de Administração da Bayer. O BLSC tem a missão de descobrir, incentivar e ativar avanços fundamentais ao criar e construir novas empresas com os melhores parceiros empresariais, como a Ginkgo Bioworks, para biologia sintética. Juntamente com o investimento nesta nova empresa e os investimentos anteriores na Casebia (tecnologia CRISPR/Cas) e na BlueRock (tecnologia de células-tronco pluripotentes induzidas), o BLSC realizou recentemente alguns dos maiores investimentos em toda o setor de biotecnologia e tecnologia agrícola.

"O acesso ao microbioma faz parte da estratégia de inovação da Bayer. Estamos lançando esta empresa a fim de desenvolver produtos agrícolas transformadores baseados nas mais recentes tecnologias de biologia sintética'", afirma Kemal Malik, membro do Conselho de Administração da Bayer AG e responsável pela área de Inovação. "Estabelecemos esta parceria exclusiva com a Ginkgo a fim de construir um player líder neste campo".

Além do investimento inicial de US$ 100 milhões pela Bayer, Ginkgo e Viking Global Investors LP, a Ginkgo fornecerá acesso exclusivo aos seus espaços de tecnologia, laboratórios e escritórios e criará uma nova instalação exclusivamente para a nova empresa. A Bayer também fornecerá acesso exclusivo a cepas microbianas próprias e ao conhecimento técnico de desenvolvimento necessário.

O Dr. Mike Miille será nomeado diretor-presidente interino da nova empresa. Ele tem experiência em biotecnologia no campo para o uso agrícola do microbioma, ex-diretor-presidente da AgraQuest e atualmente vice-presidente de Estratégia e Gestão de Negócios de Produtos Biológicos na divisão Crop Science. O Conselho de Administração da nova empresa será composto por dois representantes da Ginkgo Bioworks – Dr. Jason Kelly e Dra. Reshma Shetty – e dois representantes da Bayer – Dr. Axel Bouchon e Dr. Juergen Eckhardt.

"A biologia está mudando setores diversos, que vão dos aromatizantes e fragrâncias aos produtos eletrônicos. A agricultura é a tecnologia biológica original, e quanto mais pudermos aprender a trabalhar com o microbioma do solo, mais poderemos descobrir novas maneiras de agregar valor aos agricultores e retornar às suas raízes biológicas e mais sustentáveis", afirma Jason Kelly, cofundador e diretor-presidente da Ginkgo Bioworks. "Estamos muito felizes em trabalhar com a Bayer para que essa aspiração transformacional seja vital".

A nova empresa operará a partir das instalações de Boston Seaport da Ginkgo. A Ginkgo é uma empresa de biotecnologia em rápida expansão, criando uma plataforma automatizada versátil para a biologia de engenharia, com aplicações em setores como produtos de consumo e cuidados pessoais, saúde e medicamentos, e alimentos e agricultura. Nos últimos 24 meses, a Ginkgo arrecadou US$ 154 milhões em capital de risco, o que impulsionou o crescimento da tecnologia da plataforma. A instalação de fundição automatizada de terceira geração da Ginkgo, a Bioworks3, está atualmente em construção e será utilizada pela recém-formada empresa para o desenvolvimento de tecnologias com aplicações em agricultura sustentável. O site da área de Sacramento é um site global de P&D da Crop Science e abriga a equipe de P&D em Produtos Biológicos, com foco em soluções biológicas inovadoras para proteção contra pragas e doenças. O site abriga o centro de excelência da Bayer para pesquisa e desenvolvimento nesta área, tornando a Bayer uma empresa líder em pesquisa, desenvolvimento e produção de soluções baseadas em microrganismo.

"O microbioma das plantas é uma das próximas fronteiras da agricultura sustentável", afirma Axel Bouchon, responsável pelo Bayer Life Science Center. "Isso pode nos permitir dar um grande salto na fisiologia das plantas: produzir fertilizantes nitrogenados diretamente na planta. Estamos confiantes na proposta de combinar a mais sofisticada ciência das plantas e a liderança em tecnologia de microrganismos para ajudar a enfrentar esse desafio. Com a Ginkgo, encontramos o melhor parceiro para alcançar esse avanço fundamental".

O fechamento da operação está sujeito às condições usuais e deve ocorrer até o final de 2017. A contratação da nova empresa está em andamento.

Sobre o Ginkgo Bioworks
Com sede em Boston, nos EUA, a Ginkgo Bioworks utiliza a tecnologia mais avançada do planeta – a biologia – para cultivar produtos em vez de fabricá-los. A plataforma tecnológica da empresa está trazendo a biotecnologia para os mercados de bens de consumo, permitindo que empresas de fragrâncias, cosméticos, nutrição e alimentos produzam produtos melhores. Para mais informações, acesse www.ginkgobioworks.com.

Sobre a Proteção Biológica de Cultivos na Bayer
A Bayer oferece um amplo portfólio de produtos de proteção biológica para agricultores, baseados em microrganismos tais como fungos e bactérias, incluindo o VOTiVO™, Serenade™ e Sonata™,registrados no Brasil, além de outras formulações em demais geografias como Contans™, BioAct™, Requiem™ e TWO.O,. Para mais informações, acesse www.bayer.com

Bayer: Science For A Better Life (Ciência para uma Vida Melhor)
A Bayer é uma empresa global focada em Ciências da Vida nas áreas de cuidados com a saúde humana e animal e agricultura. Seus produtos e serviços são desenvolvidos para beneficiar as pessoas e melhorar sua qualidade de vida. Além disso, a companhia objetiva criar valor por meio da inovação. A Bayer é comprometida com os princípios do desenvolvimento sustentável e com suas responsabilidades sociais e éticas como uma empresa cidadã. Em 2016, o grupo empregou cerca de 115 mil pessoas e obteve vendas de € 46.8 bilhões. Os investimentos totalizaram € 2.6 bilhões e as despesas com Pesquisa & Desenvolvimento somaram € 4.7 bilhões. Esses números incluem os negócios de polímeros de alta tecnologia, que foram lançados no mercado de ações como companhia independente nomeada Covestro, em 06 de outubro de 2015.

Para mais informações, acesse www.agro.bayer.com.br.

 

Bayer – Comunicação Brasil

 

Number of views (36)/Comments (0)

Tags:

Please login or register to post comments.

Suínos

Bovínos

Frango/Ovo

Leite e Derivados

Carne e Derivados

Madeira Cavaco

Mercado Financeiro

Box Agrocotações

Cotação (máx)
R$ 60,57
Soja/SP
R$ 61,50
Soja/RS
R$ 63,70
Soja/MT
R$ 64,00
Soja/SC
R$ 64,90
Soja/PR
R$ 66,50
Soja/BA
R$ 18,18
Milho/MT
R$ 28,00
Milho/BA
R$ 28,33
Milho/PR
R$ 30,30
Milho/SP
R$ 30,38
Milho/SC
R$ 32,33
Milho/RS
R$ 62,35
Cana@/SP *
R$ 56,50
Tora/SC *
R$ 155,00
Tora/PR *